Biosul - Associação dos Produtores de Bioenergia do Mato Grosso do Sul Biosul - Associação dos Produtores de Bioenergia do Mato Grosso do Sul

Comunidade recebe 14 toneladas de mudas de cana-de-açúcar e impulsiona produção local

quinta, 20 de dezembro de 2018 às 11h12
Doação foi feita pela Biosul em parceria com o Senar/MS que atende a Comunidade Quilombola Furnas do Dionísio, em Jaraguari (MS) 
 
Por Biosul

 
A Associação dos Pequenos Produtores Rurais de Furnas do Dionísio recebeu nesta quarta-feira (19) a doação de 14 toneladas de mudas cana-de-açúcar. A iniciativa foi da Biosul - Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul em parceria com o Senar/MS  – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural que atende a comunidade quilombola, localizada no município de Jaraguari (MS).

A Associação, que já cultiva a cana-de-açúcar na área, espera impulsionar a produção de rapadura com a quantidade de mudas doadas. “Hoje temos um processo praticamente manual, em torno de 200 rapaduras por dia e a nossa expectativa com essa doação é dobrar a produção”, destacou Nilson Abadio Martins, presidente da associação.

Para a produção, a comunidade já conta com a estrutura de indústria de moagem ainda pouco utilizada devido o volume de cana plantada. “Com a chegada dessas mudas teremos mais matéria-prima e será possível aumentar ainda mais a nossa capacidade de produção na indústria e a qualidade dos produtos”, reforçou o presidente.

Atualmente, além da rapadura, a comunidade produz açúcar mascavo e melado a partir da cana-de-açúcar. Os produtos são colocados à venda na própria comunidade que dispõe de um espaço para exposição da produção local, onde recebe visitantes.

De acordo com o gerente executivo da Biosul, Érico Paredes, o convite a esta parceria foi prontamente atendido pela Biosul. “Entendemos a importância de participar de maneira construtiva com a comunidade, trazendo uma matéria prima de qualidade que vai agregar valor aos produtos”, destacou.

Ao todo, foram doadas 14 toneladas de mudas, de variedade precoce, que vai permitir os produtores replicar o plantio. “Além da doação, vamos oferecer todo o suporte a equipe técnica do Senar que acompanha a comunidade para que possam trazer conhecimento a respeito do manejo dessa variedade, como tempo de corte e controle de possíveis pragas. Tudo isso para aumentar a produtividade de maneira eficiente e dar maior rendimento aos moradores”, completou Paredes.

O acompanhamento do Senar é feito por ATeG, metodologia de capacitação continuada, que oferece atendimento técnico e gerencial de acordo com as necessidades dos produtores. Na comunidade Furnas do Dionisio, esse acompanhamento é feito pela técnica de campo, Nathália Araújo, que vai monitorar o plantio das mudas. “Pela ATeG fazemos o acompanhamento mensal e gerencial de hortaliças e agora vamos acompanhar toda a produção da cana-de-açúcar para ter um bom desenvolvimento desde o plantio e se houver a necessidade propor a realização de novos cursos aos produtores”, comentou.

Projeto

A comunidade Furnas do Dionísio é atendida pelo programa de Eficiência Energética da Energisa, que conta com a parceria da UCDB – Universidade Católica Dom Bosco e do Governo do Estado para apoiar e estimular a produção local de forma profissionalizada.

A estrutura de produção agroindustrial para rapadura, melado de cana e açúcar mascavo, inaugurada em 2017, é fruto dos investimentos recebidos por meio desse programa.

Imagens: Divulgação/Biosul